terça-feira, 24 de maio de 2016

Bolinho de Chuva


Dias frios, cinzas e chuvosos podem facilmente ganhar um toque de alegria e animação com uma leva de bolinhos de chuva, não há quem resista!
Essa é mais uma daquelas receitas cheias de recordações, minha mãe os fazia com primor e para gerar essa lembrança no meu filho, pedi ajuda dele para passar os bolinhos no açúcar e canela, até que ficou caprichado, rs.

Bolinho de chuva

- 2 ovos
- 2 colheres (sopa) de manteiga
- 3/4 de xícara de açúcar
- 1 xícara de leite
- 2 xícaras de farinha de trigo
- 1/2 colher (chá) de sal
- 1 colher (sopa) de fermento em pó
- açúcar e canela para polvilhar
- óleo para fritar

Preparo:

Em uma tigela, bata os ovos, a manteiga, o açúcar e o sal.
Adicione de forma alternada o leite e a farinha de trigo, mexendo sempre até ficar homogêneo.
Junte o fermento e misture bem.
Em uma panela funda, aqueça o óleo*, com ajuda de uma colher coloque pequenas porções de massa e frite até que fiquem dourados.
Escorra sobre papel toalha e passe-os na mistura de açúcar e canela.
Sirva a seguir com uma bela xícara de café fresco.

*Se o óleo estiver quente demais, os bolinhos ficarão dourados por fora e crus por dentro e se estiver frio, irão absorver gordura em excesso, cuide.

Uma bela semana a todos!!

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Pão Sovado na MFP


Tantas receitas de pães para testar e o que não nos falta é vontade de experimentar, como nem sempre o tempo é hábil, cortamos o caminho usando o atalho da mfp.

Pão sovado na mfp

- 700g de farinha de trigo
- 3 ovos
- 2 xícaras de iogurte natural - usei caseiro
- 3 colheres (sopa) de manteiga
- 2 colheres (sopa) de açúcar
- 1 colher (chá) de sal
- 3 tabletes de fermento biológico fresco - 45g
- 1 gema para pincelar

Preparo:

Coloque os ingredientes na mfp segundo a orientação do fabricante. Escolha a opção "massa".
Quando terminar o processo, retire a massa, molde a gosto* (fiz bolas colocadas lado a lado), deixe crescer até dobrar de volume.
Pincele com a gema batida, leve ao forno  preaquecido a 180ºC por aproximadamente 30 minutos ou até que doure bem.
Para fazer da forma tradicional, em um recipiente misture a farinha (reserve um pouco), o açúcar e o sal, reserve.
 Bata no liquidificador os ovos, a manteiga, o iogurte e o fermento, junte à mistura dos secos até ficar homogênea, sove em superfície enfarinhada por cerca de 10 minutos, se necessário use a farinha reservada.
Molde a gosto, deixe crescer até dobrar de volume, siga os passos descritos acima.
Preparei meia receita acima e consegui o belo pão visto na foto.

Olhem que fofo o paninho de prato que ilustra o post, ganhei do filhão, amo!!


Excelente final de semana a todos!!

terça-feira, 17 de maio de 2016

Mini Abóbora Cozida com Açúcar


Esse doce feito na própria abóbora está esperando há um bom tempo pela oportunidade de aparecer por aqui, acho que uns dois anos, rs.
A receita é muito simples e me foi passada no caixa de um supermercado. Duas senhoras, mãe e filha, levavam algumas mini abóboras em suas compras, eu curiosa perguntei como costumavam prepará-las e a resposta foi efusiva...assadas com açúcar!!
Apaixonada que sou por essas belezuras (em todas suas variedades), trouxe duas para provar na minha cozinha.


Mini abóbora cozida com açúcar

Lave bem cada abóbora, use uma escovinha se for preciso.
Com ajuda de uma faca faça um corte circular no topo, formando uma pequena abertura e uma tampa.
Com uma colher retire as sementes, deixando o interior limpo, preencha com açúcar quase até o topo. Feche com a própria tampa, coloque em uma assadeira e leve ao forno a 180ºC por aproximadamente 40 minutos ou até que a abóbora esteja macia, teste com um palito ou garfo.
Deixe esfriar, retire a calda que se formou no interior da abóbora (se quiser guarde para usar em outro doce ou servir à parte) e preencha com creme de leite.
Leve para gelar até a hora de servir.

Embora eu não conhecesse a receita, achei que ela tem um ar retrô, lembrando os doces que avós, mães e tias faziam usando mamão verde, figos, cidras...e abóboras.
Espero que gostem.


Ótima semana a todos!!

sábado, 14 de maio de 2016

Esfiha Aberta


Essa receita de esfiha é para ser igual àquela marca famosa, o aspecto das minhas não chegaram nem perto, mas como até os grandes chefes dizem..."o importante é o sabor", sendo assim, elas merecem estar aqui, o preparo é simples e ficam bem saborosas.
A indicação da receita veio da Carol, uma amiga das aulas de isostretching, ela experimentou, aprovou e me passou o link.
 Assim como no vídeo, usei a mfp para sovar a massa, o trabalho foi reduzido pela metade. Quanto aos recheios, fiz escolhas de acordo com minha geladeira e você pode fazer o mesmo.

Esfiha aberta

- 1 xícara de água morna
- 2 colheres (sopa) de óleo de soja - usei de milho
- 2 colheres (sopa) de açúcar
- 1 colher (chá) de sal
- 3 xícaras de farinha de trigo
- 3 colheres (chá) de fermento biológico seco ou 30g do fresco - usei do seco

Preparo:

Coloque todos os ingredientes na cuba da máquina, começando pelos líquidos e por último o fermento. Escolha a opção "massa".
Depois de encerrar o ciclo, retire a massa da cuba, com ajuda de uma faca corte pequenos pedaços de massa, faça bolinhas e passe-as pelo fubá. A massa tem uma textura grudenta mesmo, as bolinhas não ficarão perfeitas, não caia na tentação de adicionar mais farinha.
Disponha as bolinhas em assadeira untada deixando espaço entre elas, ao colocar o recheio elas irão expandir e depois crescer no forno.
Asse em forno médio por aproximadamente 25 minutos ou até que as bordas dourem.

Quanto aos recheios, o vídeo traz os detalhes das opções de carne e ricota (eu substituí o creme de leite por iogurte), além dessas, fiz várias outras para aproveitar algumas sobras e atender o gosto do meu filho...moçarela, tomate em cubinhos e orégano, azeitona e carne moída já refogada que eu tinha na geladeira, molho pesto (foi meu preferido, mas rendeu apenas duas esfihas) e uma opção doce, banana, açúcar e canela.

Rend. 25 esfihas médias

Um excelente final de semana a todos!!

terça-feira, 10 de maio de 2016

Molho de Laranja


Um simples molho pode tornar o prato do dia a dia mais especial, esse aqui é de laranja, feito para acompanhar filé de salmão assado, enriqueceu o sabor do peixe com sutileza.
Pode ser usado em outras preparações, acredito que fique delicioso também com filé de frango ou mesmo carne suína.

Molho de laranja

- 1 xícara de suco natural de laranja (coado)
- 2 colheres (chá) de manteiga*
- 1 colher (chá) de amido de milho
- 1 colher (chá) de mel

Dissolva o amido de milho em um pouco do suco de laranja, misture com o restante do suco e os demais ingredientes. Leve ao fogo mexendo sempre, deixe ferver por alguns minutos até que encorpe e atinja a textura desejada, ligeiramente cremoso.

*Usei manteiga temperada com ervas que tinha em casa (por isso não adicionei sal), pode acrescentar ervas frescas picadinhas na hora de preparar o molho que também fica ótimo.

Eu servi à parte depois do peixe pronto, se preferir use-o para regar o salmão enquanto assa.


Ótima semana a todos!!