terça-feira, 21 de novembro de 2017

Bolo Simples de Banana Amassada

O blog está repleto de receitas de bolo de banana, tem para todos os gostos, com diferentes combinações de ingredientes e modos de preparo.
Nesse dia eu queria um bolo simples, rápido e fácil, mas com o gostinho da banana bem presente, essa sugestão atendeu perfeitamente minha busca.
Você vai sujar uma tigela e só!

Bolo simples de banana amassada
(ligeiramente adaptado daqui)

- 4 bananas bem maduras, usei três que era o que tinha na fruteira
- 2 ovos
- 1/2 xícara de óleo
- 1 xícara de açúcar, usei mascavo
- 2 xícaras de farinha de trigo
- 1 colher (café) de canela em pó, usei 1 colher chá
- um pouquinho de noz-moscada, usei 1/2 colher café
- 1/2 colher (chá) de fermento em pó
- 1/2 colher (chá) de bicarbonatode sódio

Preparo:

Preaqueça o forno a 180ºC. Unte e enfarinhe uma forma média.
Comece amassando as bananas com um garfo, adicione os demais ingredientes na sequência acima, sempre amassando com o garfo a cada adição.Segundo a fonte da receita, o segredo consiste em não misturar ou bater, apenas amassar os ingredientes.
Coloque a massa na forma, polvilhe com açúcar e canela e leve ao forno por 35 minutos aproximadamente ou até que o teste do palito saia limpo.

Muito bom com o cafezinho!

Semana produtiva e abençoada a todos!

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Panquequinha de Ervilha com Creme de Queijo de Cabra Temperado

Adoro quando o dia me permite fazer um almoço leve, simples e fácil, de preferência mantendo o charme e o sabor!
Essas panquecas de ervilha são extremamente macias, contrastam com a textura tenra da ervilha e ficam perfeitas com o creme de queijo de cabra temperado com cheiro verde. Mais uma receitinha ligeiramente adaptada do incrível, O que tem na geladeira? da Rita Lobo.


Panquequinha de ervilha com creme de queijo de cabra temperado

- 1 xícara de ervilha fresca congelada
- 1 ovo
- 1/2 xícara de leite
- 1/2 xícara de farinha de trigo
- 1/2 colher (sopa) de fermento em pó
- 1 colher (sopa) de manteiga
- 1 xícara de ricota esfarelada, usei creme de queijo de cabra 
- folhas frescas de manjericão a gosto
- cebolinha verde
- sal e pimenta-do-reino moída a gosto
- azeite a gosto


Preparo:
Deixe as ervilhas fora da geladeira até que descongelem totalmente.
Numa tigela, tempere o creme de queijo de cabra com azeite, sal, pimenta-do reino e cebolinha verde bem picadinha, reserve.
Em outra tigela, junte o ovo, o leite e 1 colher de manteiga em temperatura ambiente, misture bem com o batedor de arame até ficar liso. Adicione a farinha aos poucos, mexendo com o batedor para incorporar. Tempere com sal e a pimenta-do-reino, junte o fermento, os grãos de ervilha e misture delicadamente.
Aqueça uma frigideira antiaderente. Unte o fundo com um pouco de manteiga, repita essa operação antes do preparo de cada panqueca.
Coloque uma colherada de massa na frigideira e deixe 3-4 minutos de cada lado, até ficar cozida. Usando uma espátula, retire e transfira para um prato, repita o processo até finalizar a massa.
Sirva a seguir com o creme de queijo de cabra temperado, folhas de manjericão e um fio de azeite.

Rend. cerca de 6 panquequinhas

Excelente final de semana a todos!!

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Geleia de Morango e Ameixa


Assim que vi a combinação de morango e ameixa em uma geleia no blog da querida Andréa, do Quitutes da Andréa, fiquei com vontade de experimentar. 
Geleia caseira com pouco açúcar, sem conservantes e muito saborosa, aprovadíssima!

Geleia de morango e ameixa

- 3 xícaras de morangos maduros higienizados e picados
- 5 ameixas higienizadas e picadas, usei 3 de casca roxa, as outras comi, rs
- 1 xícara de açúcar demerara, usei 2/3
- 1/2 xícara de água, usei 1/4
- suco de 1/4 de limão taiti, por minha conta

Preparo:

No liquidificador bata as ameixas com a água. Coloque essa mistura em uma panela média e junte os morangos, o açúcar e o suco do limão.
Quando começar a ferver, abaixe o fogo e mexa de vez em quando. Deixe no fogo até engrossar e começar a soltar do fundo da panela, lembre-se que ao esfriar a textura ficará mais firme.
Depois de fria, guarde em um pote esterilizado e leve à geladeira.

Para higienizar as ameixas (usei com casca), segui a dica da Andréa, em 1litro de água, coloque 5 col (sopa) de vinagre e 1 col (sopa) de bicarbonato, deixe as frutas na água por 10 minutos. Lave em água corrente, deixe de molho por mais 5 minutos em água filtrada e seque com papel toalha.

Excelente semana a todos!!

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Waffles de Laranja e Azeite de Oliva

Devagar estou entrando no mundo dos waffles, adquiri uma máquina há pouco tempo e estou em busca de receitas interessantes.
A maioria das que encontrei leva claras em neve, confesso que tenho preguiça de batê-las. Essa sugestão é simples e fica bem saborosa, recomendo.
A foto noturna não ficou das melhores. ;(

Waffles de laranja e azeite de oliva

- 2 colheres (sopa) de açúcar cristal
- raspas da casca de 1 laranja
- 1 e 1/4 xícaras de farinha de trigo
- 2 colheres (chá) de fermento em pó
- 1 pitada de sal
- 1 ovo grande
- 1/4 xícara de azeite de oliva extra virgem
- 3/4 xícara de leite integral
- 1/2 colher (chá) de extrato de baunilha

Preparo:
Em uma tigela, misture o acúcar e as raspas de laranja, esfregue-os juntos com as pontas dos dedos para aromatizar o açúcar. Junte a farinha, o fermento e o sal, misture. Reserve.
Em outra tigela, misture com o batedor de arame, o ovo, o azeite, o leite e a baunilha.
Despeje os líquidos sobre os ingredientes secos e misture até incorporar, não misture demais.
Preaqueça a máquina de wafle, pincele com manteiga, coloque pequenas porções de massa e cozinhe seguindo as instruções do fabricante.
Sirva com geleia, mel ou algo de sua preferência.

Rend. de 5-6 waffles


Abençoada e produtiva semana a todos!!

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Lasanha Bolonhesa com Espinafre


Uma lasanha feita em casa, mesmo que com massa pronta, fica muito saborosa e vale uma refeição completa, acompanhe com uma salada verde e pronto!

Lasanha bolonhesa com espinafre

- 1/2 pacote de massa pré-cozida, usei cerca de 150g de massa italiana (sêmola de trigo duro)
- 250g de presunto fatiado
- 350g de muçarela fatiada
- 500g de carne moída, de primeira
- 350g de molho de tomate caseiro ou pronto de boa qualidade
- 200g de creme de leite
- 1/2 maço de espinafre, só as folhas lavadas e 
- cebola, alho, orégano, cominho, canela, pimenta calabresa seca

Comece preparando a carne moída. Em uma panela, coloque um fio de óleo, refogue cebola e alho a gosto, acrescente a carne e misture até soltar bem os grumos.
Tempere com sal, pimenta do reino, cominho em pó, uma pitada de canela, orégano seco e um pouquinho de pimenta calabresa seca, tudo para deixar a carne bem saborosa. Deixe fritar em fogo médio, mexendo de vez em quando para não grudar no fundo da panela.
Quando estiver bem dourada, acrescente o molho de tomate e se preciso um pouco de água. Junte o creme de leite e verifique a consistência, lembre-se que o molho deve ser abundante, pois estamos usando uma massa apenas pré-cozida.
Passe ligeiramente as folhas de espinafre pela água fervente, escorra e reserve.
Num refrário médio, coloque um pouco de molho e comece montar as camadas, primeiro forre o fundo com massa, cubra com molho e por cima distribua as folhas de espinafre, depois o presunto e por último a muçarela. Repita, iniciando novamente pelo molho. Continue até formar no mínimo três camadas.
Finalize com molho e muçarela. Polvilhe orégano generosamente. Com auxílio de uma faca, faça pequenos furos na superfície da lasanha. Leve ao forno preaquecido a 180ºC até que o queijo derreta e a lasanha esteja borbulhando ligeiramente.


Excelente final de semana a todos!!

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Batata Doce Assada com Cominho e Açafão

Sei que vocês já viram batata doce assada por aqui, o que ás vezes nos passa dasapercebido é que mudando a combinação de temperos, transformamos o prato. E eu estou em plena alquimia de temperos e especiarias na minha cozinha!

Se quiser experimentar, descasque e corte a batata doce em cubos pequenos.
Cozinhe-os por 5-6 minutos. Escorra-os bem, tempere com açafrão da terra e uma porção generosa de cominho em pó. Se quiser polvilhe um pouco de sal.
Distribua os cubos de batata temperados em uma assadeira e regue com azeite de oliva.
Leve ao forno a 180-200ºC. Por duas ou três vezes dê uma sacudida na assadeira para que as batatas assem por igual.
Tire-as quando estiverem bem douradas.

Ótimo final de semana a todos!!

terça-feira, 24 de outubro de 2017

Bolo Invertido de Banana e Chocolate

A primeira vez que fiz esse bolo eu ainda não tinha o blog para registrar minhas experiências, fez-se então necessário repetir essa deliciosa combinação para dividir com vocês.
A receita veio de uma excelente revista que eu assinava, Claudia Cozinha, que trazia uma sessão com receitas interpretadas por Bettina Orrico, sempre um deleite.
Esse bolo tem uma textura diferente pela adição de aveia e não leva fermento, apenas bicarbonato e o creme azedo. Imperdível!

Bolo invertido de banana e chocolate

- 1/2 xícara de creme de leite fresco
- 1 colher (sopa) de vinagre, usei de arroz
- 3/4 de xícara de manteiga em temperatura ambiente
- 1 xícara de açúcar, usei mascavo
- 3 ovos
- 1 e 1/2 colher (chá) de essência de baunilha
- 2/3 xícara de chocolate meio amargo picado
- 1 e 1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio
- 1 xícara de aveia em flocos
- 1 e 1/2 xícara de farinha de trigo
- 2 a 3 bananas cortadas em fatias no sentido do comprimento, usei nanica
- 1 colher (sopa) de canela em pó

Caramelize uma forma de 20cm de diâmetro com 3/4 xícara de açúcar, distribua as bananas fatiadas por cima, polvilhe com a canela e reserve. Se precisar, unte as laterais.
Preaqueça o forno a 180ºC.
Numa tigela misture o creme de leite com o vinagre e reserve.
Na batedeira, bata a manteiga com o açúcar até obter uma mistura clara e leve. Junte os ovos, um a um, batendo sempre.
Adicione a essência de baunilha, o creme de leite reservado, o chocolate picado, o bicarbonato e misture bem. Acrescente a aveia e a farinha e misture novamente. Despeje a massa na forma reservada, sobre as bananas.
Leve ao forno por aproximadamente 1h ou até que o teste do palito saia limpo.
Retire do forno e desenforme.

Fica incrível ainda quente, servido com uma bola de sorvete.



Excelente semana a todos!!

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

WBD 2017 - Pãezinhos de Abóbora com Sementes de Linhaça Dourada

No dia 16 de outubro celebramos o Dia Mundial do Pão! 
Mais uma vez somos convidados a confeccionar nosso próprio pão nesse dia especial, é o evento World Bread Day, hospedado pela Zorra, do blog Kochtopf
Escolhi usar abóbora por ser um vegetal que remete a simplicidade, a fartura e a boas lembranças, sem falar que os pãezinhos ficam com uma cor linda e textura macia, que contrasta com a crocância das sementes, delicioso.
O que acha de resgatar o preparo artesanal de um dos alimentos mais populares e básicos em muitas mesas ao redor do mundo?! Venha, faça a experiência e compartilhe essa ideia!


Pãezinhos de abóbora com sementes de linhaça dourada

- 3 e 1/2 xícaras de farinha de trigo aproximadamente
- 1 colher (sopa) de fermento biológico seco
- 1 xícara de abóbora cozida e amassada, usei cabotia cozida no vapor
- 1/4 xícara de leite ligeiramente morno
- 2 ovos médios
- 1/3 xícara de óleo
- 2 colheres de manteiga amolecida
- 2 colheres (sopa rasa) de açúcar
- 1/2 colher (chá) de sal
- 1 ovo batido para pincelar
- semente de linhaça dourada para polvilhar

Preparo:
Em uma tigela misture metade da farinha com o fermento e o açúcar.
Junte o leite morno, a abóbora amassada (ainda morna) e os ovos. Misture bem até que a massa comece a ficar elástica, incorpore o óleo, a manteiga, o sal e comece a sovar, adicionando o restante da farinha aos poucos, apenas o suficiente para desgrudar das mãos. 
Faça uma bola e deixe descansar em local sem correntes de ar até dobrar de volume.
Retire o ar da massa, divida em porções e molde pãezinhos ou bolinhas do tamanho desejado. Coloque em mini forminhas de pão (usei de silicone) ou disponha em uma assadeira untada.
Deixe crescer novamente até dobrar de volume. Pincele com o ovo batido e polvilhe com as sementes de linhaça.
Leve ao forno preaquecido por 30-40 minutos ou até que estejam bem assados e dourados.

O rendimento depende do tamanho dos pães que moldar, eu consegui 17 unidades.


A opção individual fica com a casca mais sequinha e crocante, enquanto os distribuídos na assadeira apresentam as laterais macias, que "desfiam" ao soltá-los.

Excelente semana a todos!!

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Risoto Alla Margherita

As pessoas sempre perguntam sobre qual nossa comida preferida. Nunca soube responder especificamente. De repente me dei conta, que desde que comecei a preparar risoto, sem dúvida, esse é meu prato!
Incrivelmente simples, seu preparo básico permite uma infinidade de composições e a cada garfada é uma nova descoberta, uma nova delícia que me conforta e alegra.
Esse com tomate, muçarela de búfala e manjericão ficou sensacional!!

Risoto alla margherita
(adaptado daqui)

- 1 xícara de arroz arbóreo
- 1,5l de caldo de legumes, preferencialmente caseiro
- 1/3 xícara de vinho branco
- alhos inteiros e cebola a gosto
- 2 colheres (sopa) de azeite extra virgem
- 4 a 5 tomates sem pele e sem sementes bem maduros picados ou 1 lata de tomate pelado
- 1 colher (sopa) de manteiga
- parmesão ralado na hora a gosto
- muçarela de búfala, usei cerca de 4 bolinhas pequenas fatiadas
- folhas de manjericão fresco

Preparo:

Leve o caldo de legumes ao fogo e mantenha-o aquecido.
Aqueça uma panela média com o azeite, coloque os dentes inteiros de alho e a cebola picada, deixe até que a cebola fique translúcida. Junte o arroz e misture bem para que todos os grãos fiquem envoltos de azeite. Adicione o vinho e mexa até que evapore todo.
Comece juntando uma concha de caldo por vez, mexendo sempre até que todo líquido seja absorvido, só depois acrescente mais. Adicione os tomates picados e continue mexendo. Nessa hora juntei também uma sobra de molho de tomate que fiz para outro prato no dia anterior, cerca de 1/4 de xícara, como era um molho caseiro encorpado, ajudou na cor e sabor, afinal esse já estava temperado.
Continue acrescentando caldo até que o arroz esteja cozido, mas al dente.
Desligue, junte a manteiga, as folhas de manjericão, o parmesão ralado e parte da muçarela de búfala picada. Mexa ligeiramente e tampe por 3-5 minutos.
Sirva em seguida guarnecido com mais muçarela de búfala, folhas de manjericão e um fio generoso de azeite.



Abençoada semana a todos!!

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Bolinhos Churros


Modinha ou não, fiquei com vontade de provar esses bolinhos sabor churros, não em tamanho grande tradicional, mas assim pequenos, usando essas graciosas forminhas.
A combinação açúcar e canela é clássica e confere o sabor e o aspecto que garante sua semelhança com churros, o doce de leite deixa tudo ainda mais gostoso e para agradar o filhote, alguns foram "recheados" com creme de avelã. 

Bolinhos churros

- 1 ovo grande
- 150g de açúcar, usei 120g
- 160g de farinha de trigo
- 80g de manteiga
- 120ml de leite
- 1 colher (chá) de essência de baunilha, não usei
- 2 colheres (chá) de canela em pó
- 1 colher (café) de fermento em pó
- 1/3 colher (café) de cravo em pó, opcional, não vai na receita
- açúcar e canela para polvilhar, o qto baste
- doce de leite e ou creme de avelã para decorar.

Preparo:
Preaqueça o forno a 180ºC. Unte e enfarinhe uma forma própria para minibolinhos, usei uma de silicone para 6 bolinhos de furo central (não tão minis assim).
Em uma tigela misture todos os ingredientes (não precisa de batedeira). Distribua a massa nas forminhas até preencher 3/4 da capacidade.
Leve para assar por 15-20 minutos. Retire do forno e deixe esfriar parcialmente, desenforme e coloque sobre uma grade para esfriar completamente.
Passe-os na mistura de açúcar e canela ou apenas polvilhe sobre os bolinhos. Confeite com doce de leite e ou creme de avelã.

A receita rende cerca de 12 minibolinhos, como minha forma é de bolinhos pequenos, mas não mini, consegui 6 unidades.
A colorida bandeja da foto faz parte dos brindes recebidos no Encontro Gourmet, um kit completo da Evo, linha de produtos sustentáveis. ;)

Excelente semana a todos!!

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Galette de Tomatinhos

Acabei de voltar do EG 2017, meu primeiro Encontro Gourmet e estou mega feliz, confiram um pouco do meu dia por lá na minha página no facebook, que você pode acessar clicando bem ali na lateral direita. ;D
Para comemorar trago uma receita fácil e deliciosa para vocês, sem brincadeira, é muito boa e fica lindona!
Usei uma massa de fubá que vi aqui, com recheio de tomatinhos sugerido aqui, fiz algumas adaptações e o resultado foi muito sabor e textura. Terá repeteco na certa!

Galette de tomatinhos

Para a massa:
- 1 xícara + 1 colher (sopa) de farinha de trigo
- 1/4 xícara de fubá
- 1/4 colher (chá) de sal
- 100g de manteiga sem sal, gelada e em cubinhos
- 1/4 xícara de creme azedo (sour cream)*, bem gelado
- 2 colheres (sopa) de água gelada

Para o recheio:
- 500g de tomatinhos, usei amarelos, vermelhos e laranjas
- 3 colheres (sopa) de mostarda Dijon
- 1 colher (sopa) de sementes de mostarda ligeiramente tostadas**
- 100g de queijo parmesão ralado na hora
- sal a gosto
- folhas de manjericão fresco ou ramos de tomilho fresco
- alho desidratado em flocos, opcional
- 1 ovo batido para pincelar

Preparo:
No processador pulse a farinha, o fubá e o sal. Junte a manteiga picada e pulse até a mistura parecer uma farofa. Em uma tigelinha misture bem o creme azedo com a água. Com o processador ligado, junte a mistura do creme aos poucos, apenas até formar uma massa.
Faça uma bola com a massa, embrulhe em papel filme e leve à geladeira por 1 hora.
Enquanto isso corte alguns tomatinhos ao meio, deixe a maioria inteiro.
Sobre uma folha de papel manteiga, abra a massa com um rolo até obter um círculo de aproximadamente 20cm. Coloque o papel com a massa sobre uma assadeira rasa.
Misture a mostarda Dijon com os grãos de mostarda, espalhe essa mistura sobre a massa, deixando uma borda de cerca de 3cm sem recheio, cubra com o parmesão ralado e distribua os tomatinhos por cima.
Tempere com sal, salpique o alho, coloque as folhas de manjericão e regue com um fio de azeite de oliva. Com cuidado dobre as bordas de massa sobre parte do recheio. Pincele as bordas com o ovo batido e leve para assar por 30-40 minutos ou até que doure.
Deixe esfriar por alguns minutos e sirva.

Se sobrar, embrulhe em papel alumínio e guarde na geladeira, no dia seguinte basta aquecer alguns minutos no forno convencional e ficará tão boa quanto no momento de assada.

*Creme azedo ou sour cream: para preparar 1 xícara de creme azedo, misture 1 xícara de creme de leite fresco com 2-3 colheres (chá) de suco de limão. Mexa até começar a engrossar. Cubra com filme plástico e deixe em temperatura ambiente por 1h ou de um dia para o outro. Deixe gelar um pouco antes de usar.
** Para tostar as sementes de mostarda, leve uma frigideira ao fogo com algumas gotas de azeite, junte as sementes e deixe por + ou - 30 segundos.Tampe, pois pulam feito pipoca! Depois é só empregar na receita.



Abençoada semana a todos!!

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Biscoito de Chocolate e Amendoim

Penso que estava faltando uns biscoitos aqui por essas bandas, não concordam??
Esses são feitos com chocolate em barra, que na receita original é combinado a semente de abóbora, por questões técnicas (minhas), troquei por amendoim moído.
A receita é do Comida de Quinta e não é a primeira sugestão que preparo vinda de lá, recomendo.

Biscoito de chocolate e amendoim

- 1/2 xícara de amendoim torrado e grosseiramente moído
- 120g de chocolate meio-amargo, usei blend
- 1 xícara de manteiga em temperatura ambiente
- 1/2 xícara + 2 colheres (sopa) de açúcar*
- 1/2 colher (chá) de canela em pó
- 1 pitada de sal
- 2 e 1/4 xícaras de farinha de trigo
- açúcar granulado para passar os biscoitos

Preparo:
Preaqueça o forno a 180ºC. 
Numa tigela derreta o chocolate, espere amornar e junte a manteiga. Mexa até ficar homogêneo, depois adicione o açúcar, o sal, a canela e mexa bem.
Por último coloque a farinha e o amendoim. Faça bolinhas (se estiver mole, deixe firmar um pouco na geladeira, eu não precisei), achate com a mão, mergulhe um dos lados da massa em água fria e passe no açúcar granulado.
Distribua em assadeira untada ou forrada com papel manteiga (usei tapete de silicone), leve assar por 18 minutos. Espere 5 minutos antes de retirá-los da assadeira. Deixe esfriar sobre uma grade.

Fiz meia receita acima e consegui 20 unidades.
*Reduzi um pouco a quantidade de açúcar, para meia receita usei 1/4 de xícara.



No próximo final de semana estarei participando pela primeira vez do EG, Encontro Gourmet que reúne blogueiros de cozinha de todo país. 
Essa será minha única postagem por alguns dias, espero voltar cheia de novidades e entusiasmo!
Abençoados sejam nossos dias!!

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Mandioquinha Sautée


Eu adoro o sabor suave da mandioquinha (ou batata baroa, batata salsa), assim salteada ela ganha ainda mais sabor e textura, uma delícia!
Buscar novas formas de preparo com ingredientes que conheço desde criança, tem me proporcionado descobertas bem saborosas e enriquecido o cardápio no dia a dia. Preferencialmente mais simples e práticos, esses preparos são também mais saudáveis.
O forno e alguns livros tem se tornado aliados incríveis nessa jornada.
Essa é mais uma sugestão da Rita Lobo no, O que tem na geladeira?

Mandioquinha sautée

- 3 mandioquinhas (cerca de 500g)
- 3 colheres (sopa) de manteiga
- 4 ramos de salsinha
- 2 dentes de alho
- sal a gosto

Preparo:

Descasque e corte a mandioquinha em cubos médios. Coloque numa panela, cubra com água e cozinhe em fogo alto, quando ferver diminua o fogo e cozinhe por 15 minutos (a minha ficou no ponto antes disso), espete com garfo para verificar, ela deve estar cozida, mas firme.
Escorra e reserve.
Numa frigideira, derreta a manteiga, doure o alho (a receita manda colocá-lo 2 minutos antes de finalizar, mas prefiro assim) e junte as mandioquinhas, tempere com sal e deixe cozinhar por cerca de 10 minutos, mexendo de vez em quando até dourar.
Desligue o fogo e junte a salsa picada, misture.
Sirva a seguir.

As receitas desse livro são ótimas, nada precisa ser seguido ao pé da letra, são sugestões de preparo que você pode adaptar ao seu gosto e necessidade. É assim que faço.


Ótimo final de semana a todos!

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Cuca Alemã de Uva


Adoro quando preciso aproveitar algum ingrediente que tenho em casa e acerto na escolha da receita.
Essa foi perfeita, uma massa com fermento biológico que cresceu lindamente, muito macia e perfumada, fazendo um delicioso par com essas pequenas uvas pretas e sem semente e com a farofa crocante. No meio do preparo, já identifiquei que daria muito certo e fiquei imaginando as próximas combinações de recheio, coisa de gente gulosa!rs

Cuca alemã de uva
(um tiquinho adaptada daqui)

- 500g de farinha
- 1 xícara de açúcar
- 2 ovos
- 1/2 xícara de manteiga amolecida
- 1 e 1/2 xícara de leite morno
- casca ralada de 1 limão
- 8g de fermento biológico seco
- 2 cachos de uva pequenos lavados e secos, usei uma pequena uva preta sem semente

Para a farofa:

- 1 xícara de açúcar cristal
- 1 xícara de farinha de trigo
- 1/3 xícara de manteiga amolecida
- 2 colheres (sopa rasa) de creme de leite
- raspas de 1 limão
- 1 colher (chá) de canela em pó, usei noz-moscada ralada
- 1 pacotinho de açúcar de baunilha, não usei
Misture todos os ingredientes, soltando com as pontas dos dedos e empregue.

Preparo:
Unte uma forma retangular de 32x22cm.
Em uma pequena tigela misture o leite morno, o fermento e o açúcar. Misture as raspas de limão à farinha, esfregando com as mãos para liberar o aroma do limão.
Na batedeira, bata os ovos e a manteiga, adicione a farinha e bata novamente em velocidade baixa.
Junte a mistura do leite aos poucos, usando o gancho para bater.
Bata até formar uma massa homogênea, porém ainda mole e grudenta.
Cubra e deixe crescer por 1 hora.
Despeje a massa na forma e com a ponta dos dedos puxe-a  para cobrir todo fundo. Distribua as uvas sobre a massa e cubra com a farofa.
Deixe crescer novamente até dobrar de tamanho. Leve assar a 180ºC por 20-25 minutos ou até firmar e dourar.





Excelente semana a todos!!

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Crepe Grosso de Maçã


Mais uma receita saída tarde da noite por conta das vontades que não passam!
Essa é de um livro recheado de coisinhas saborosas, Larousse 100% Prazer, Lanches...até o nome é propício.

Crepe grosso de maçã

- 3 ovos
- 220g de farinha de trigo
- 500ml de leite
- 50g de açúcar
- óleo ou manteiga para untar a frigideira
- 3 maçãs
- 75g de açúcar
- 100ml de rum
- canela em pó para polvilhar, opcional, não vai na receita original

Preparo:
Bata os ovos até que estejam espumantes.Á parte misture a farinha e o leite, depois incorpore os ovos e o açúcar até obter uma massa lisa e homogênea. Deixe descansar por 20 minutos.
Enquanto isso, descasque as maçãs, retire o coração com as sementes e corte-as em fatias bem finas. Polvilhe-as com açúcar.
Aqueça uma frigideira e unte-a ligeiramente com óleo ou manteiga.
Despeje uma quantidade suficiente de massa para recobrir o fundo da frigideira, acrescente por cima 1/4 das maçãs. Cubra com mais massa. Tampe a frigideira e deixe cozinhar em fogo brando até que o fundo esteja dourado (verifique após alguns minutos). Vire o crepe e cozinhe por mais 7-8 minutos. 
Prepare os outros crepes. Aqueça o rum, polvilhe cada crepe com açúcar e flambe.
Sirva imediatamente.

*A receita sugere o preparo de 4 crepes.
Fiz 2/3 da receita acima e consegui esse crepe da foto, suficiente para mais de uma pessoa gulosa.

Ótimo final de semana a todos!!

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Mini Penne com Alho e Brócolis


Dias corridos pedem uma refeição prática, mas nessas ocasiões também queremos comida que nos dê ânimo e conforto.
Um bom e simples prato de massa pode fazer isso por mim e acredito, por você também!
Não é uma receita com medidas, fiz a olho, você pode ajustá-la facilmente para sua necessidade e gosto pessoal.

Mini penne com alho e brócolis

Numa frigideira aqueça um fio generoso de azeite, junte uma boa quantidade de alho picadinho e deixe dourar. Acrescente o brócolis, higienizado e cortado em pequenos buquês e mexa por alguns segundos, apenas para salteá-los.
Cozinhe o macarrão (usei o mini penne) em água e sal, até ficar al dente.
Escorra e coloque-o na frigideira com o brócolis, misture para incorporar os sabores.
Sirva com parmesão ralado na hora.

Estava tão bom, que raspei o prato e queria mais!

Excelente semana e um feliz feriado a todos!!

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Sesame Chicken ou Frango com Gergelim


Eis uma ótima receita para variar a apresentação da carne de frango no dia a dia, preparo rápido e um resultado bem saboroso, principalmente para quem gosta de sabor agridoce. 
Fez muito sucesso aqui em casa, meu filho gostou tanto que já pediu para repetir várias vezes.

Frango com gergelim
(ligeiramente adaptado daqui)

- 600g de sobrecoxa em cubos, usei peito de frango 
- 1 clara 
- 3 colheres (sopa) de amido de milho
- uma pitada de pimenta caiena, não usei, usei páprica e pimenta da jamaica
- sal e pimenta do reino a gosto
- 2 colheres (sopa) de açúcar mascavo
- 2 dentes de alho picados ou amassados
- 2 colheres (sopa) de mel
- 4 colheres (sopa) de shoyo
- 1 colher (sopa) de vinagre de arroz, pode substituir por outro se não tiver
- 3 colheres (sopa) de ketchup
- semente de gergelim e cebolinha picada para servir

Preparo:

Tempere o frango com sal, pimenta do reino, pimenta da jamaica e a páprica.
Junte a clara e o amido e misture bem. Frite aos poucos em um fio de óleo quente até dourar. Reserve.
Retire o excesso de óleo da panela e acrescente o açúcar, o alho, o mel, o shoyo, o vinagre e o ketchup. Deixe ferver por 3 minutos ou até que o molho encorpe.
Devolva o frango à panela e misture bem.
Salpique com sementes de gergelim e cebolinha picada.
Sirva com arroz branco.


Excelente final de semana a todos!!

terça-feira, 29 de agosto de 2017

Bolo de Banana e Caramelo

Quase impossível passar muito tempo sem aroma de bolo na cozinha não é mesmo?!
E quando a lista de receitas aumenta diariamente, o jeito é ligar o forno e experimentar mais uma.
Essa é incrível, leva uma combinação de ingredientes que fazem um bolo simples, ficar irresistível...banana, nozes, chocolate e especiarias, tudo coberto com um delicioso caramelo, me lembra até uma propaganda antiga da tv! rs

Bolo de banana e caramelo
(ligeiramente adaptado daqui)

- 2 xícaras de farinha de trigo
- 1 colher (chá) de canela em pó
- 1/2 colher (chá) de noz-moscada ralada
- 1/4 colher (chá) de cravo em pó
- 1 colher (chá) de sal
- 1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
- 1 colher (chá) de fermento químico em pó, não vai na receita original
- 3 ovos grandes
- 1 e 1/4 xícaras de óleo vegetal de sabor suave
- 1 e 3/4 xícaras de açúcar, usei 1 e 1/4 xícaras, em uma próxima vez usarei apenas 1 xícara e do mascavo
- 1 colher (sopa) de essência de baunilha, usei caseira
- 3/4 xícara de nozes grosseiramente picadas
- 1 xícara de chocolate amargo picado ou gotas, usei blend
- 3 bananas maduras picadas

Caramelo: 
1/2 xícara de açúcar mascavo, aperte-o na xícara para medir
- 2 colheres (sopa) de leite integral
- 4 colheres (sopa) de manteiga sem sal picada, usei com sal

Preparo:

Preaqueça o forno a 180ºC. Unte e enfarinhe uma forma de furo central, usei de 20cm de diâmetro por 10cm de altura.
Peneire juntos a farinha, a canela, a noz-moscada, o cravo, o sal, o fermento e o bicarbonato de sódio.
Na batedeira, bata os ovos, o óleo e o açúcar por 2-3 minutos até que tudo fique bem incorporado. Junte a baunilha e bata mais um pouco. Em velocidade baixa, acrescente os ingredientes peneirados aos poucos, batendo até que a mistura fique homogênea.
Adicione as nozes, o chocolate e as bananas picadas, misture gentilmente sem bater.
Despeje a massa na forma preparada e leve ao forno por 55m-1h.

Um pouco antes do bolo terminar de assar, prepare o caramelo. 
Combine todos os ingredientes numa panelinha e leve ao fogo até ferver, mexendo ás vezes para não queimar. Deixe ferver por 4-5 minutos e desligue.
Ao retirar o bolo do forno, faça furinhos na superfície usando um palito de dente (usei um de espetinho para a calda penetrar bem) e imediatamente regue-o com o caramelo. Faça aos poucos para que toda cobertura seja absorvida pelo bolo. Se formarem "poças" de caramelo, perfure-o mais vezes.
Importante: deixe o bolo esfriar completamente sobre uma grade antes de desenformar, caso contrário, pode grudar.


É um bolo delicioso, porém doce! Por isso pode-se reduzir a quantidade de açúcar na massa sem medo, a banana, o chocolate e o caramelo fazem o restante.

Uma doce e produtiva semana a todos!!

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Couve-Flor Assada com Especiarias

Acho que a couve-flor andava meio injustiçada aqui em casa, estou tentando me redimir.
Tenho buscado opções para colocá-la mais em minha mesa, outro dia apresentei essa receita, que lembra a cozinha da minha mãe. Agora uma sugestão assada, mais saudável e tão simples de fazer que não há desculpa para não experimentar.
Foram aprovadas com louvor!

Couve-flor assada com especiarias
(vi aqui e aqui)

- 1/2 couve-flor 
- sal e pimenta do reino a gosto
- açafrão da terra, cominho em pó, páprica e alho granulado - usei 1/4 colher (chá) de cada
- 2 colheres (sopa) de azeite

Preparo:

Separe a couve-flor em buquês, lave e escorra bem. Distribua-os em um refratário.
Misture o sal, a pimenta, o açafrão, a páprica, o cominho, o alho e o azeite, regue os floretes com essa mistura e espalhe com as mãos para que fiquem bem envoltos no tempero.
Cubra com papel alumínio e leve ao forno a 180ºC por 20 minutos. Retire o papel e deixa mais 15-20 minutos no forno.
Sirva a seguir com salsa fresca picada e um fio de azeite.

Você pode fazer a combinação de temperos e especiarias que quiser, use e abuse das suas preferências e criatividade!


Ótimo final de semana a todos!!